4 Passos para transformar as finanças em um diferencial competitivo

Veja mais

Muitos empreendedores sabem dos benefícios de fazer uma boa gestão financeira na empresa. No entanto, é comum não pensar nesse setor e nesses procedimentos como um diferencial competitivo frente aos concorrentes.

Nesse sentido, as finanças são vistas somente a partir dos processos internos e como uma forma de aumentar a lucratividade. No entanto, essa área é fundamental por diversos motivos — e pode trazer diferenciais importantes no mercado.

Por isso, a seguir você entenderá por que o setor financeiro pode impactar a empresa e conhecerá 4 passos para torná-la um diferencial competitivo. Não perca!

Como transformar a área financeira em um diferencial competitivo?

A área financeira da empresa é um setor fundamental para a sobrevivência e o desenvolvimento do negócio. Afinal, ela tem a função de controlar as finanças, receber pagamentos, quitar débitos, controlar prazos e separar valores para pagamentos de taxas e impostos.

Assim, sem o setor financeiro, uma empresa pode ter problemas consideráveis em relação ao capital. Por exemplo, não receber os valores de devedores ou não cumprir suas obrigações ocasiona endividamento e perda do controle orçamentário.

Além disso, a gestão financeira exerce uma função de planejamento do negócio em relação a custos e despesas. Desse modo, ela também pode trazer opções de investimento, fomento do negócio e expansão das atividades.

É nesse sentido que a gestão financeira consegue gerar um diferencial competitivo. Isso porque uma empresa com boa saúde financeira e que está em constante expansão demonstra ao público e terceiros de que presta bem seus serviços, certo?

Já uma empresa endividada, que não consegue manter os negócios ou honrar pagamentos e entregas passa uma imagem negativa. Logo, todo o funcionamento da companhia tem ligação direta ou indireta com a área financeira.

Como isso pode impactar as empresas?

Você entendeu que as finanças podem trazer um diferencial competitivo. Mas, como isso afeta a empresa? Um dos impactos é que consumidores podem perceber o bom momento do negócio e ligar essa imagem a bons serviços e produtos.

De modo geral, os clientes preferem fazer negócios com uma empresa estável financeiramente. Afinal, essa situação demonstra boas práticas e mais perenidade na atuação empresarial, o que os beneficia no longo prazo.

Ademais, uma gestão financeira eficiente possibilita a visualização de indicadores importantes do negócio. Questões como a lucratividade, o balanço patrimonial, o patrimônio líquido e outros números são fundamentais para análise e tomada de decisão.

Eles servem como base para toda a gestão e planejamento sobre a situação atual e futura do negócio. Assim, é possível perceber que as finanças impactam de maneira profunda uma empresa.

4 Passos para transformar as finanças em um diferencial competitivo

Para transformar a área de finanças em um diferencial competitivo do seu negócio, vale a pena seguir algumas dicas. Dessa forma, você terá condições de manter uma estratégia eficaz.

Confira 4 passos para transformar as finanças da sua empresa!

1. Faça um planejamento

O primeiro passo para transformar a gestão financeira em um diferencial competitivo é montar um planejamento. Como todas as rotinas da empresa, essa área também precisa ser bem pensada e analisada.

No planejamento, verifique a situação financeira atual, assim como quais são as possibilidades para contratar novos profissionais, e defina objetivos. Ter metas adequadas e realistas para o negócio é um dos fatores centrais para as finanças.

Tenha em mente que apenas pensar em ter lucratividade não torna a empresa competitiva. É necessário saber o que fazer com esse lucro. Por exemplo, definir se vale a pena expandir a área de atuação ou os produtos e serviços oferecidos, entre outros.

O planejamento pode dar uma base para toda a atuação financeira da empresa. Logo, o dinheiro não ficará parado, sem utilidade. Assim, com essa dica, você pode saber onde utilizar os recursos para ser mais competitivo.

2. Tenha um setor financeiro

Outro passo importante em relação às finanças empresariais como diferencial é ter um setor específico para essa área. É fato que gestores e empreendedores precisam desenvolver diversas competências e atribuições no negócio.

No entanto, também é verdade que tentar fazer tudo sozinho e no mesmo setor pode gerar pontos cegos e prejuízos. Dessa maneira, monte um setor específico para planejar, administrar e utilizar as finanças da empresa.

Com isso, o trabalho se torna mais focado, pois a rotina dos responsáveis será totalmente voltada às questões financeiras. Esse é um diferencial importante para a saúde financeira e para encontrar soluções competitivas no mercado com os recursos que se tem.

Quando as finanças estão organizadas em um só setor, os profissionais conseguem ser mais produtivos e encontrar melhores possibilidades. Por isso, o trabalho relacionado à área também trará mais frutos no momento de buscar soluções no mercado.

3. Conte com bons profissionais

Além de ter um setor específico, é fundamental contar com bons profissionais — de preferência, com especialização e experiência na área de finanças. Apesar de essa contratação e organização trazer custos para a empresa, a médio e longo prazo os benefícios serão relevantes.

Afinal, os colaboradores focados na área financeira, como contadores, gestores, advogados voltados ao assunto, darão o suporte necessário para o setor. Ainda, eles poderão mostrar caminhos para fortalecer a competitividade.

Então bons profissionais dessa área mostram um diferencial competitivo do negócio. Nesse contexto, demonstrar a fornecedores, credores e devedores que a empresa conta com pessoas voltadas às finanças traz fidelização de terceiros e bons resultados.

4. Conheça as soluções do mercado

Por fim, mais um passo fundamental é conhecer soluções financeiras do mercado para utilizá-las como um meio de se diferenciar. Aqui, questões como empréstimos, financiamentos, possibilidades de investimento e outros produtos podem ser importantes.

Vale destacar a possibilidade de antecipação de recebíveis, principalmente para aumentar o capital de giro e as chances de investimento da empresa sem se endividar. Esse procedimento visa adiantar os créditos dos quais o negócio tem direito.

Assim, a companhia recebe os valores antecipadamente, a partir do lançamento de produtos de investimento com lastro nesses recebíveis. Todo o processo é feito por meio de instituições conhecidas como securitizadoras — que são regulamentadas e especializadas nessas soluções.

Desse modo, seu empreendimento pode contar com elas para antecipar recebíveis, conseguir um capital à vista e utilizá-los para aumentar sua competitividade no mercado. Essa é uma das soluções financeiras que podem impulsionar um negócio.

Agora você já conhece 4 passos para transformar as finanças em um diferencial competitivo da sua empresa. Lembre-se de sempre contar com bons parceiros para ter acesso às melhores soluções para ajudá-lo nessa jornada.

Quer conhecer como funciona a antecipação de recebíveis e outras soluções financeiras? Então fale com a Multiplike!

Voltar