Certificado Great Place to Work

Bolsa cria nova taxa sobre dividendos.

Veja mais

No dia 02/01 a Bolsa de Valores brasileira anunciou uma nova política de tarifação, e junto com ela criou uma taxa que vai incidir sobre o processamento de proventos financeiros – os dividendos e juros sobre o capital próprio. Essa medida tem incomodado investidores, que já batizaram a taxa de “CPMF dos proventos”, e o assunto tem ganhado força nas redes sociais, onde criaram até um abaixo assinado – que já conta com mais de 18 mil assinaturas – pedindo o reajuste do valor de isenção dessa taxa dos atuais R$ 20 mil para R$ 200 mil.

A taxa em questão é fixa de 0,12% sobre a parcela de lucro a ser distribuída aos acionistas, com um limite de R$ 5 mil para o pagamento da cobrança. Essa nova cobrança, junto com as outras anunciadas, tem o intuito de atrair novos investidores do varejo.

“Os novos formatos de tarifa favorecem a imensa maioria dos investidores pessoa física de varejo. Acreditamos que esse modelo incentivará o mercado a buscar cada vez mais novos clientes, favorecendo o pequeno investidor que está ingressando na Bolsa”, disse Tarcisio Morelli, diretor de inteligência do mercado e tarifação do B3.

FONTE: FOLHA DE SÃO PAULO, VALOR INVEST

Voltar