Certificado Great Place to Work

Afinal, como calcular capital de giro na sua empresa? Descubra!

Veja mais

Você sabe como calcular capital de giro? Entende a influência que esse cálculo tem no sucesso de uma empresa? Desenvolvi este artigo pensando nas inúmeras dúvidas que podem surgir ao se calcular o capital, levando em conta que existem variáveis que devem ser destacadas ao utilizar a fórmula.

Há uma máxima que afirma que o sucesso de uma empresa está diretamente ligado com a sua saúde financeira. Por isso, a administração do capital financeiro se torna um pilar importante do gerenciamento de um negócio.

Entre os fatores que determinam um controle financeiro efetivo, destaca-se a gestão do capital de giro. O motivo da sua importância é que esse capital é utilizado para custear as despesas operacionais da empresas no cotidiano. Quer saber mais sobre capital de giro e o seu cálculo? Continue a leitura!

O que é capital de giro?

O capital de giro ou circulante ativo representa a diferença do valor que a empresa tem no caixa e o que ela deve. Portanto, ela pode ser chamada de circulante justamente devido à sua rotatividade, ou seja, esse dinheiro é uma reserva de renovação rápida, utilizada para suprir as necessidades do negócio.

Caso não haja um controle desse valor, o planejamento financeiro da empresa entra em colapso e os investimentos destinados para outros fins terão que ser gastos. Para entender um pouco melhor sobre capital de giro, é preciso diferenciar os conceitos de ciclo financeiro e ciclo operacional.

Ciclo operacional

O nome do ciclo é bem sugestivo do que se trata. Isso porque ele representa o tempo de operação entre a negociação com o fornecedor até a data do pagamento de seus serviços.

Detalhando um pouco mais, esse ciclo vai abranger a compra do material com o fornecedor, o tempo do produto no estoque, a venda do produto e o pagamento do fornecedor.

Ciclo financeiro

Representa o tempo após o pagamento do fornecedor até o recebimento do valor do produto comprado pelo cliente. Nesse meio tempo, o que mantém a loja funcionando é o capital de giro, visto que o dinheiro do fornecedor ainda não havia sido pago pelo comprador.

O ciclo financeiro deve ter o resultado menor possível, pois, assim, a empresa trabalhará com o financiamento dos fornecedores sem recorrer a recursos externos para sua quitação.

Como exemplo prático, temos a compra parcelada. Durante esse tempo de parcelamento, o dono da empresa terá que pagar ao seu fornecedor mesmo sem ter recebido o valor integral — por isso, o capital de giro é importante.

Qual a importância do controle do capital de giro?

É notório que grandes empresas administram seus recursos financeiros mantendo um grande capital de giro. Isso ocorre porque, como mencionei, esse valor proporciona segurança financeira em momentos turbulentos, como em uma crise econômica no país.

Apesar de ser uma teoria fácil de ser compreendida, na prática é visto que diversas empresas não conseguem administrar a sua situação financeira de maneira hábil. Com isso, o empreendedor perde a capacidade de fazer negócio sem se endividar, recorrendo a bancos e a empréstimos.

A forma de prevenir essa vulnerabilidade é por meio de um controle rigoroso das inadimplências, de renegociação com os fornecedores e de realizar total controle do fluxo de caixa, atentando para o ciclo financeiro e o ciclo operacional.

Por fim, em destaque, o gerenciador deve estar atento a como calcular capital de giro do seu negócio e a partir dele, criar o seu planejamento financeiro.

Como calcular capital de giro?

Assim como o ciclo financeiro e o ciclo operacional, existem outros fatores que influenciam diretamente na forma como o cálculo será feito.

Em relação às contas a receber, no exemplo citado, sobre as compras parceladas, já elucida a ideia de rotatividade dessa área. Além disso, quanto maior for o prazo que a empresa oferece para o pagamento, maior será o valor que deve estar disponível para o capital de giro.

Outra variável é o estoque. A mudança no estoque vai depender das demandas dos clientes, por isso, o investimento nele será constante e determinará o sucesso das vendas. Por exemplo, em determinadas épocas do ano, como o Natal, espera-se que haja mais lucro em presentes, então esse ramo precisará investir mais do que uma empresa de material de construção.

Ademais, os valores presentes em caixa e em conta-corrente são fundamentais para o planejamento financeiro. Então, ao calcular o capital de giro, esses valores serão considerados como um recurso financeiro que realmente está disponível para a empresa.

Por fim, existem alguns fatores que de forma mais variável podem interferir no cálculo. Levando em consideração que eles são mutáveis, indico que os administradores do negocio se mantenham atentos a eles.

Citando de forma breve esses fatores: volume e custo de vendas, novas compras e prazos médios de estocagem.

Como utilizar a fórmula para realizar o cálculo?

Assim como foi visto no tópico anterior, diversos fatores influenciam no valor final do capital de giro. Porém, entre eles, existe uma hierarquia de importância, sendo que duas variáveis se destacam mais. Veja!

Ativo circulante (AC)

O ativo circulante representa os bens e direitos que podem ser convertidos em dinheiro posteriormente. Portanto, nesse caso, inclui- se aplicações financeiras, um valor a receber, depósitos bancários e títulos.

Passivo circulante (PC)

Ao contrário do AC, o valor do passivo circulante está relacionado com as contas a pagar, como o pagamento dos fornecedores, do aluguel e dos funcionários. A fórmula se constitui, então, deste modo:

Capital de Giro Líquido = AC – PC

Para consolidar o que expliquei neste artigo, vou dar um exemplo prático de como essa fórmula é aplicada. Se a empresa tem um ativo circulante de R$ 200.000 e um passivo circulante de R$ 50.000, o capital de giro líquido é de R$ 150.000.

É importante salientar, mais uma vez, que a base do sucesso de um negócio é a saúde financeira. Portanto, a aplicação dessa formula é essencial para o planejamento administrativo.

Você compreendeu a importância de saber como calcular capital de giro? Deixe seu comentário no post para compartilhar suas dúvidas ou experiências no assunto!

Veja também
slider pagination
Voltar