Certificado Great Place to Work

Entenda de forma simples como funciona a concessão de crédito

Veja mais

Existem épocas, como a atual, em que a concessão de crédito ganha peso de ouro. Se a recuperação econômica do Brasil é incerta, fato é que as organizações exercem papel de protagonistas. Com isso em vista, as empresas precisam se planejar. Na prática, isso implica a adoção de soluções alinhadas à atual conjuntura econômica que tragam resultados realmente convincentes.

Nesse sentido, a concessão de crédito é uma alternativa interessante — inclusive para negócios com um CNPJ em situação momentaneamente desfavorável. Imagine a possibilidade de ganhar fôlego no momento em que seu empreendimento mais precisa? Mesmo que ele vá muito bem, você, mais do que ninguém, sabe que é possível melhorar.

Por exemplo: que tal antecipar o recebimento do valor das vendas e, assim, proporcionar uma proteção a mais ao caixa? Você sabia que essa é uma das vantagens proporcionadas pela concessão de crédito? Curioso para saber mais sobre o assunto? Continue com a leitura e descubra uma solução que todo gestor financeiro gostaria de ter!

Qual a importância da concessão de crédito?

Em termos de relevância, a concessão de crédito se apresenta como uma opção mais saudável para aumentar o capital de giro. Como você bem sabe, esse dinheiro é essencial para agilizar a gestão financeira de uma organização.

Muitos empreendedores iniciantes não se atentam à dificuldade de gerir esse capital. Pense nos recebíveis a médio e longo prazo, por exemplo. Uma compra parcelada envolve uma série de riscos quase imperceptíveis, os quais podem ser identificados após uma análise minuciosa. É necessário entender que se trata de uma quantia que, em mais ou menos casos, pode simplesmente chegar ao caixa.

Não é à toa que um dos maiores desafios do gestor financeiro consiste em administrar a taxa de inadimplência dos clientes. Antes de qualquer coisa, ele precisa se precaver contra possíveis pendências. De fato, o uso de diretrizes e práticas de cobrança apropriadas garante a recuperação de boa parte do valor devido. Porém, até lá, é fundamental manter o negócio em pleno funcionamento.

É justamente quando não há mais tempo a perder que a antecipação de recebíveis entra em cena. Por meio da venda de títulos, a sua empresa recebe uma concessão de crédito, denominado limite, para poder realizar as operações e receber os valores provenientes delas. Com o dinheiro obtido, pode-se, por exemplo, manter a quantidade de matéria-prima necessária em dia. Desse modo, a quantidade de produtos projetada para venda não é afetada.

Durante a antecipação desses valores, a companhia consegue se reorganizar melhor. Trata-se de um momento muito importante para rever algumas práticas e facilidades de pagamento. Ninguém quer perder clientes, mas concentrar a maior parte do lucro em vendas a prazo é algo a reconsiderar. Afinal, a própria rentabilidade paira em uma projeção que, talvez, fique longe da realidade.

Como funciona a concessão de crédito?

Basicamente, o procedimento se resume a antecipar o valor a ser obtido pelas compras parceladas pelos clientes. Então, a empresa solicitante do crédito recebe á vista e o seu cliente paga a prazo valor devido à organização que concedeu esse crédito. Simples assim? Sim, mas com detalhes importantes a serem ressaltados.

Um ponto extremamente importante a ser verificado pelos interessados reside no modo como o processo é conduzido. Uma instituição experiente e flexível não limitará a concessão do crédito a uma mera restrição ao CPF ou CNPJ.

Na verdade, tal análise rasa representa apenas um primeiro passo. A negativação não diz tudo sobre um indivíduo ou empreendimento. Para que a operação seja segura financeiramente para ambas as partes envolvidas, a avaliação deve utilizar aspectos mais profundos e determinantes.

Não basta, por exemplo, voltar os olhos para a capacidade de pagamento de quem solicita o crédito. Como ele será concedido para cobrir um montante de vendas a prazo, nada mais natural que observar a situação dos clientes responsáveis por essas compras.

Logo, uma avaliação completa compreende tanto o solicitante do crédito como seus clientes. Fica fácil entender o raciocínio, já que o pagamento do crédito depende diretamente da concretização dos valores ainda em aberto.

Com a intenção de ir ainda mais além, é oportuno verificar o histórico de pagamentos dos sócios do negócio. Soma-se a isso o contato que também é feito com os clientes. Portanto, o que se tem é uma ampla rede analítica, na qual as particularidades são valorizadas.

Por que a Multiplike é a melhor opção?

Mais do que se restringir a uma óbvia (facilmente verificável) restrição de CNPJ, a Multiplike concentra seus esforços em análises personalizadas. Em alguns nichos de mercado, as restrições vinculadas ao CNPJ sequer são novidade. Por isso, uma política de concessão de crédito séria jamais deve se limitar a isso.

O histórico de pagamento do cliente é parte de todo o processo de análise. No entanto, A Multiplike é diferente porque não tira conclusões precipitadas. Se um cliente está com certo endividamento, isso não significa necessariamente que ele não poderá arcar com pagamentos futuros.

Dessa maneira, tão importante quanto checar o passado é projetar o futuro. A existência de indícios de que o empreendimento está em fase de recuperação financeira é algo que também precisa ser valorizado. Naturalmente, o procedimento precisa ser feito com muito critério e precisão. Em termos práticos, a Multiplike oferece as seguintes vantagens:

  • análise da capacidade de pagamento do próprio cliente de seu negócio;
  • oferta de limites de crédito acima do que é disponibilizado pelo mercado;
  • adoção de métodos de pesquisa muito mais embasados e aprofundados com relação aos utilizados por outros agentes da área;
  • cuidado com o cliente o tempo todo, incluindo no pós-venda;
  • pleno suporte de atendimento — tanto em relação à análise de crédito quanto à controladoria;
  • consultoria especializada e customizada.

Devido à profundidade dos aspectos envolvidos nas análises de concessão de crédito, a qualidade da projeção de lucro dos clientes é maximizada. Afinal, eles sabem que a probabilidade de pagamento posterior estará calcada em fatores mais sólidos do que uma simples restrição.

Gostou deste post? Que tal uma parceria com quem entende e se preocupa com seu negócio? Fale com a Multiplike hoje mesmo

Voltar