Certificado Great Place to Work

Quais as vantagens da governança corporativa nas empresas?

Veja mais

Mais utilizada por negócios de grande porte e que abriram o seu capital, a governança corporativa nas empresas é uma das práticas principais para garantir uma vida longa e saudável para a organização.

Aliás, os benefícios de implementar processos voltados a governança são inúmeros. Além de auxiliar na estrutura do negócio, ela é fundamental para sedimentar as relações do alto escalão da empresa, tornando as tomadas de decisão mais objetivas e de acordo com os valores da companhia.

Pensando em como essa é uma ferramenta importante para qualquer negócio, nesse texto, eu quero falar dos principais pontos da governança corporativa. Entenda!

O que é a governança corporativa?

A governança corporativa representa uma transação de empresas que antes tinha o seu comando atrelado a membros familiares e passaram a adotar um padrão de participações acionárias. Sendo assim, podemos descrevê-la como a maneira pela qual uma organização é comandada e controlada incluindo diferentes membros da alta gestão da empresa, como os acionistas, a administração, o conselho fiscal e a auditoria independente.

Quais são pilares e princípios?

A governança corporativa pode ser dividida entre em quatro princípios:

  • transparência: a alta gestão da empresa, como os sócios, acionistas, administradores e os elementos externos, como governo, fornecedores, clientes etc, devem estar a par das decisões e do sistema organizacional do negócio;
  • equidade: o nível hierárquico ou grau de influência não deve ser um parâmetro para o tratamento dos colaboradores. Todos, independentemente do cargo ou da porcentagem de ações, devem receber os mesmos tratamentos;
  • prestação de contas: todos os membros da companhia precisam prestar contas sobre todas as suas atividades e decisões, inclusive, as financeiras;
  • responsabilidade empresarial: a empresa precisa levar em conta qual é o impacto de suas ações, seja no papel social, na sustentabilidade do planeta ou nos benefícios que seus produtos/serviços oferecem para a sociedade.

Lembrando que esses princípios são a base de seis pilares para uma administração equilibrada e eficiente. Eles são: propriedade, a auditoria independente, a conduta, o conselho fiscal, o conflito de interesses, a gestão e o conselho de administração.

Quais são seus objetivos da governança corporativa nas empresas?

Utilizar práticas como a governança corporativa é a possibilidade de melhorar a imagem da empresa, de forma que seu principal objetivo é que a companhia seja vista com mais confiança pelos seus acionistas e os agentes externos, como clientes, governo e fornecedores.

As vantagens da sua utilização?

Existem diversos benefícios que a implementação da governança corporativa pode trazer para uma empresa. No começo do texto, eu comentei que apenas as grandes companhias costumam utilizar essa prática. No entanto, ela também pode ser aplicada nas pequenas e médias empresas.

Dito isto, entre os benefícios encontrados na aplicação da governança estão:

  • ajuda a empresa em diversas situações, inclusive, para a melhorar a imagem da empresa no mercado e entre seus sócios;
  • melhora as ações voltadas para o controle interno e externo da companhia, proporcionando melhores resultados ao longo do tempo;
  • aprimora as relações entre os membros do alto escalão da empresa, como sócios e administradores, ajudando a evitar conflitos na hora da tomada de decisão;
  • auxilia nos processos para atrair mais investimentos na empresa;
  • alocação de capital muito mais eficiente, não só para o financeiro de maneira geral, mas também para as matérias primas e os colaboradores, ajudando a diminuir as fraudes.

Como implementar a governança corporativa na sua empresa?

Alguns pontos são importantes de se considerar na hora de instalar a governança. É preciso trabalhar a estrutura interna da empresa, colocando o foco em diminuir os conflitos e valorizar os processos. Os interesses tanto dos sócios quanto da administração devem estar alinhados.

Além disso, há maneiras práticas de colocar a governança corporativa na empresa. Aqui vamos conhecer quais são.

Monitorar e comunicar

A organização perante as informações do negócio deve ser o principal ponto aqui. Reuniões precisam ser feitas e todos devem saber o que está acontecendo. Para isso, é importante manter um padrão de criação de agendas, atas e documentos de registro.

Além disso, foco em manter o controle das relações societárias para evitar situações desagradáveis, como a empresa realizar uma atividade diferente do seu princípio ou que os bens da companhia sejam registrados com o nome dos sócios.

Ter um conselho de administração e consultivo

É crucial ter um conselho de administração ou consultivo para implementar com sucesso a governança corporativa. A composição dele dependerá de cada tipo de empresa, mas, em termos de números, cerca de cinco pessoas já é suficiente para garantir uma pluralidade nas tomadas de decisão.

Os membros serão responsáveis por supervisionar os principais processos da companhia, principalmente, avaliar os resultados que ela gera. Além disso, são responsáveis por monitorar o relacionamento dos sócios com a organização de uma maneira geral, sendo um importante elo entre eles e a organização.

Ferramentas e órgãos de controle

É importante procurar por ferramentas de controle para preservar a governança corporativa. Por exemplo, investir na contabilidade para que sejam produzidos documentos e relatórios que retratem a situação financeira do negócio, como os demonstrativos de pagamento, ou um sistema de monitoramento das operações, para se prevenir de riscos e manter a qualidade daquilo que é produzido, além de acompanhar se as boas práticas estão sendo realizadas.

Ter um código de conduta

A companhia precisa desenvolver o seu próprio código de conduta. Elaborar normas que estejam de acordo com os valores e princípios da empresa e que possam fortalecer a conduta ética dos colaboradores, além de determinar uma padronização e transparência no comportamento dos mesmos. Também é fundamental que esse documento tenha os canais de denúncia para as possíveis violações.

Ao longo desse conteúdo, eu falei alguns pontos importantes sobre a uma prática indispensável para negócios de sucesso. Foi possível compreender quais são os princípios e os pilares, além de compreender qual é principal objetivo de manter esse tipo de prática. Saliento que qualquer tipo de empresa pode utilizar a governança corporativa para melhorar os seus processos.

E aí? Gostou do nosso texto sobre governança corporativa nas empresas? Quer fazer uma sugestão ou tem alguma dúvida? Então, não deixe de comentar!

Veja também
slider pagination
Voltar