Veja lista com os investimentos menos taxados pelo IR

Veja mais

A elaboração de um plano de investimento em aplicações financeiras deve tomar vários cuidados. Um dos mais importantes é conhecer quais são os investimentos menos taxados pelo IR. Afinal de contas, de nada adianta ter o apoio de grandes especialistas para montar a sua estratégia se ela não é capaz de identificar aplicações que sejam rentáveis em todos os sentidos.

Em outras palavras, saber quais são os investimentos menos taxados pelo IR permite ao investidor montar uma carteira inteligente e com bom potencial de lucro. Isso evitará abordagens que exigem o pagamento de elevados tributos, gerando mais rentabilidade a médio e longo prazo. Quer saber mais sobre o tema e quais são os três investimentos menos taxados pelo IR? Então continue a leitura deste post!

Por que é importante ficar atento aos tributos dos seus investimentos?

Uma boa estratégia de investimentos pode ser direcionada a partir de vários fatores. Os objetivos e o perfil do investidor, por exemplo, auxiliam na escolha de ativos capazes de entregar os resultados esperados. Além disso, conhecer as metas de cada pessoa diminui os riscos envolvidos em cada carteira, uma vez que ela estará mais ajustada para entregar os resultados esperados.

Outro ponto importante são as taxas inerentes a cada tipo de investimento. Além dos custos tradicionais das investidoras, quem realiza aplicações em fundos de ações, títulos da dívida, fundos imobiliários ou mesmo em dólares deve saber quais são os tributos referentes a cada tipo de investimento. Desse modo, será mais fácil evitar surpresas no futuro.

Conhecendo quais são os investimentos menos taxados pelo IR, por exemplo, o investidor pode traçar uma estratégia mais precisa e com maior custo-benefício. Ou seja, identificará a rentabilidade futura avaliando itens que vão além das taxas pagas por um investimento de renda fixa, como as tarifas da corretora. A sua análise contará também com os valores cobrados pelo governo.

Em caso de retiradas emergenciais, saber quais são os investimentos menos taxados pelo IR também é importante. O conhecimento desse fator permitirá que o investidor escolha qual produto financeiro abandonará antes do prazo. Desse modo, mesmo que a rentabilidade seja menor do que a esperada, será possível minimizar as perdas.

Quais são os investimentos menos taxados pelo IR?

Para ajudar a conhecer quais são os investimentos menos taxados pelo IR, preparamos a lista a seguir. Continue a leitura e veja quais são as melhores formas de investir muito pagando as menores taxas ao governo!

FIDC

O Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) é uma aplicação financeira em que um grupo de investidores se une para injetar capital em um único local. Porém, ao contrário dos investimentos tradicionais, pelo menos 50% do valor será direcionado para a aplicação em Direitos Creditórios.

Os Direitos Creditórios são aqueles derivados das operações de crédito que a empresa tem a receber. Ou seja, os valores referentes a vendas em cartão de crédito, cheques, duplicatas e até mesmo aluguéis. Tais valores são vendidos a terceiros por meio de um processo chamado securitização.

O FIDC é um investimento de renda fixa que pode ser resgatado antes do prazo ou não (o fator dependerá da formatação de cada aplicação). Ele não contém garantia pelo Fundo Garantidor de Crédito e, em geral, exige um investimento inicial de R$ 25 mil. Além disso, ele é restrito a investidores profissionais ou qualificados.

LCA

A Letra de Crédito Agrícola (LCA) é um produto bancário utilizado para financiar as operações de crédito direcionadas ao agronegócio. Ela tem como principal característica ser um investimento de renda fixa, ou seja, um investimento em que o aplicador sabe exatamente quanto ganhará no vencimento do prazo. O valor mínimo para investir na LCA é de R$ 1 mil.

A LCA é coberta pelo Fundo Garantidor de Créditos. Dessa maneira, caso algum problema ocorra, o investidor poderá receber até R$ 250 mil do governo para recuperar o valor investido.

Um ponto importante para investir em LCA é considerar a rentabilidade entre diferentes instituições e os prazos para resgate. Avalie, também, detalhes adicionais do contrato. Desse modo, você evitará uma aplicação com um risco além do que a sua carteira permite, assim como taxas elevadas.

CRA

Os Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) são investimentos lastreados em recebíveis do setor agropecuário. Nesse caso, os recebíveis se referem a operações financeiras entre produtores rurais e as suas cooperativas e não contam com a cobertura do Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

Os CRAs devem ser resgatados na data de vencimento. Geralmente, os prazos tendem a ser medianos ou longos, ou seja, a partir de 3 anos. O investidor focado em aplicações de baixo risco, porém, muitas vezes evita os CRAs pelo seu risco médio.

Por que contar com o apoio da Multiplike para ter bons investimentos?

A criação de bons investimentos é fundamental para qualquer empreendedor. Saber como aplicar o seu dinheiro e garantir boas receitas, porém, exige um grande conhecimento das possibilidades disponíveis no mercado e como elas afetam seus lucros a médio e longo prazo.

Nesse sentido, o apoio da Multiplike pode ser fundamental para a sua estratégia. O nosso time tem um grupo de profissionais capacitado e pronto para ajudar a encontrar a melhor abordagem de acordo com o seu perfil e objetivos. Desse modo, você poderá evitar tributos e garantir que as suas metas sejam alcançadas sempre!

Muitos investimentos com boa rentabilidade estão sujeitos a tributos. Sejam eles de renda fíxa ou variável, as chances de o investidor ter que pagar alguma taxa ao governo na hora de recuperar as suas receitas são elevadas. Por isso, uma boa estratégia sempre procura mitigar o efeito que esse fator causa na rentabilidade da carteira do investidor.

A escolha de qualquer investidor, portanto, deve sempre considerar quais são os investimentos menos taxados pelo IR. Dessa forma, será possível evitar problemas de rentabilidade e ter menos surpresas ao sacar os seus lucros. Por isso, sempre considere os tributos que cada aplicação contém e garanta sempre o máximo de receitas para o seu bolso.

Quer saber mais sobre como a Multiplike pode ajudar a ter bons investimentos? Então fale agora com um de nossos especialistas!

Voltar