Multiplikast 03 - Os perfis de investidores e dicas para cada perfil!

Veja mais

Olá. Bem vindo Multiplikast, o podcast da Multiplike que tem o intuito de trazer dicas, discussões e informações para agregar valor à sua vida financeira. Nesse terceiro episódio, o colaborador Alexandre vai falar um pouco sobre perfis de investidores, os melhores tipos de investimento para cada e algumas dicas também.

Multiplikast está disponível também no Deezer, no Spotify e no Soundcloud, e você pode ouvir onde preferir. Além disso, transcrevemos o podcast para uma maior acessibilidade. Assim, todos podem aproveitar o conteúdo, até mesmo quem não pode ou não consegue ouvir o podcast em áudio. O texto transcrito está logo abaixo.

“No mundo dos investimentos o risco e a rentabilidade são dois fatores essenciais na hora de fazer uma escolha, pois eles sempre correm juntos. Um investimento de maior risco irá te oferecer uma rentabilidade maior, e um investimento de baixo risco irá te oferecer uma rentabilidade menor. Por isso, é importante conhecer o seu perfil de investidor e definir o que funciona melhor para você.

Perfis de Investidores

Quando citamos que existem perfis de investidores diferentes, estamos basicamente falando do quanto uma pessoa pretende ganhar com seu investimento e quanto risco ela está disposta a correr. Sempre queremos ter um bom ganho em cima dos investimentos que fazemos, mas quando se faz uma aplicação sem conhecimento do seu perfil de investidor, essa ação torna-se perigosa e até estressante. Por isso, preste atenção aos três perfis que vamos citar agora e veja o qual melhor se encaixa a você.

Investidor conservador

São pessoas que normalmente buscam investimentos mais seguros e com baixo rendimento. Usam esses investimentos como forma de assegurar seus patrimônios sem ter que se preocupar com as oscilações do mercado. Como vimos no episódio anterior, deixar dinheiro parado é perder dinheiro, pois há a desvalorização da moeda com o decorrer do tempo, porém se você investe em algo que rende pouco, mas rende mais que a inflação, já é melhor do que nada.

Para os conservadores, as letras de crédito como LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) são uma boa opção. Elas costumam render algo muito próximo dos CDIs, ficando pouca coisa abaixo da SELIC. Também são isentas de impostos e garantidas pelo FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO para investimentos de até R$250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais). Outras boas opções para esse perfil são os fundos de renda fixa e as debêntures.

Investidor Moderado

Esse perfil de investidor está disposto a correr mais riscos do que o conservador, porém sem perder a segurança do negócio. Por isso, o investidor moderado aplica a maior parte dos seus recursos em renda fixa (fundos de investimentos, debêntures, fundos multimercado e tesouro direto) e o restante ele destina para opções de renda variável, buscando ganhos acima do mercado. Isso exige um pouco mais de controle de carteira e conhecimento do mundo financeiro, visto as variações de mercado, fazendo com que ele não perca dinheiro com alguma decisão equivocada.

Investidor Agressivo

Pessoas com esse perfil buscam uma alta rentabilidade e estão dispostas a correr riscos igualmente altos para isso. Investidores agressivos precisam ter boas condições emocionais para lidar com as pressões e oscilações do mercado, dependem de um alto conhecimento da economia mundial e de uma grande capacidade de gerenciamento de carteira. Você encontra muitos investidores desse perfil nos fundos de ações e bolsas de valores. Porém, como são pessoas com profundo conhecimento de mercado, sabem o que estão fazendo e por este motivo destinam uma pequena fatia dos seus recursos para opções de renda fixa.

Algumas dicas importantes!

Agora que explicamos os perfis existentes de investidores, pode-se notar que há um ponto comum entre eles, a renda fixa. Todos em algum momento alocam parte dos recursos neste tipo de investimento, pois quando o assunto é investir, o seu futuro e da sua família está em jogo, por isso, não podemos ser levianos com dinheiro, temos que correr riscos calculados. 

Faça reservas de emergência e deixe em algum lugar que seja rentável e seguro. Procure SEMPRE diversificar a sua carteira para que você não fique refém de apenas um tipo de investimento. Escolha a melhor opção de investimento que se encaixa no seu perfil.

No mercado temos muitas diferenças entre investimentos parecidos. Recentemente, tivemos uma queda na taxa SELIC e todos os investimentos de renda fixa que se baseiam nela ou no CDI perderam rentabilidade. Mas na Multiplike, por exemplo, existem formas de investimento com taxas pré fixadas, que não sofrem com as oscilações do mercado e te proporcionam ótimos rendimentos.

No último podcast, citamos opções de investimento que chegam a 500% do rendimento da poupança. Porém, com a queda da SELIC, essa mesma linha rende hoje mais de 700%.  São números incríveis para investimentos em renda fixa! Por isso, é de suma importância estudar as opções de mercado antes de decidir onde aplicar o seu dinheiro.”

Voltar