Certificado Great Place to Work

Multiplikast 04 - Antecipação de Recebíveis

Veja mais

Olá. Bem vindo Multiplikast, o podcast da Multiplike que tem o intuito de trazer dicas, discussões e informações para agregar valor à sua vida financeira. Nesse terceiro episódio, o colaborador Alexandre vai falar um pouco sobre a antecipação de recebíveis e como ela pode ajudar a sua empresa a crescer ainda mais!

Se você acompanha nossos conteúdos já deve ter ouvido muito o termo antecipação de recebíveis, e apesar de ser um assunto bem conhecido no mercado financeiro, muitas pessoas não entendem muito bem do que se trata. Então, antes de seguir com o tema, precisamos entender bem esse conceito. Vamos lá?

O que é a antecipação de recebíveis?

No mercado, entende-se por recebível o volume financeiro que uma empresa tem a receber pela venda de seus produtos ou prestação de seus serviços. Para exemplificar, imagine a venda de um produto de R$1.000,00. O comprador negocia com o vendedor o pagamento desse produto em 5 vezes de R$200,00. Esse valor que o vendedor tem para receber do comprador é um recebível. Ele pode ser parcelado como no exemplo acima, pode ser pago de uma única vez na entrega do produto ou serviço ou ainda, ter alguma outra condição de pagamento pré-estabelecida entre as partes. O recebível pode se formalizar através de um contrato, nota fiscal, cheque ou até mesmo um pedido de venda.

Oferecer ao cliente uma forma de pagamento a prazo é uma ótima maneira de aumentar a sua carteira de clientes, visto que nem todos tem a possibilidade de pagamento à vista. Porém, apesar de ser muito bom para o comprador, para os vendedores a situação é outra. Alguns produtos ou serviços precisam de investimento prévio, seja para compra de matéria prima, para fabricação do produto ou alguma outra particularidade do modelo de negócio. Imagine uma construtora. Ela vende um projeto de uma casa nova e o cliente decide pagar parcelado o valor final. Porém, se não tiver um bom dinheiro em caixa, a construtora pode não ter dinheiro para comprar o cimento, o tijolo, as telhas e tudo mais que é necessário para a construção da casa. Ou, muitas vezes, mesmo que consiga comprar uma parte do material, isso talvez não seja suficiente para concluir uma parte do projeto, que terá que ficar parado aguardando o próximo pagamento para então poder dar continuidade. Pode parecer uma situação absurda, mas muitas empresas no país operam exatamente dessa maneira.

E para resolver esse dilema de muitas empresas, surge a antecipação de recebíveis!

Essa prática tem ganhado cada vez mais espaço no mercado por ser uma solução mais rápida, simples e eficaz do que as outras opções de crédito. Mas, mesmo com esse crescimento exponencial, ainda existem muitos mitos a respeito da antecipação de recebíveis e vamos desmistificar alguns deles em seguida.

Desmistificando o tema

O primeiro é que antecipação de recebíveis é uma linha de crédito usada apenas por empresas que estão com dificuldades financeiras. Apesar de existir uma grande aderência a essa linha de crédito de empresas negativadas e com dificuldades financeiras, muitas das maiores empresas do mundo usam a antecipação de recebíveis frequentemente. Isso acontece por que, em comparação com outras linhas de crédito, a antecipação de recebíveis conta com taxas muito menores, com limites muito maiores e uma liberação de crédito muito mais rápida.

Outro equívoco bem comum é achar que antecipando recebíveis você estará perdendo dinheiro. Em alguns casos, pode até parecer que sim, mas isso depende da boa gestão de seus negócios. Ter o valor total da venda no seu caixa de uma só vez, pode ajudar a sua empresa a concluir mais negociações em um tempo menor, o que acelera o crescimento. No exemplo da casa que citamos acima, a construtora não ficaria sem capital para adquirir os materiais e concluiria a construção muito antes, permitindo assim o foco em outro projeto. Dinheiro gera dinheiro, se for bem investido. Além disso, se você precisa do valor total da venda à vista, mas o cliente insiste em pagar a prazo, você pode acrescer ao valor da venda a taxa de antecipação, para que o valor que receber após a antecipação seja o valor total da venda sem descontos. Essa prática é muito comum nas vendas por cartão de crédito, por exemplo, onde o cliente arca com a taxa da operadora do cartão.

É importante enfatizar que, independente do seu modelo de negócio, é muito provável que a sua empresa possa aproveitar de alguma maneira essa modalidade de crédito. E mesmo que você já utilize outras linhas e acredite que elas te sirvam bem, a antecipação de recebíveis possuem várias vantagens que você deve considerar. Na Multiplike, por exemplo, o seu limite de crédito é muito maior que os fornecidos por outras linhas e isso vai te dar a segurança de conseguir crédito quando precisar. A Multiplike também não cobra reciprocidade para te conceder crédito, então nada de títulos de capitalização ou seguros automotivos. Sem a burocracia dos bancos, a liberação do crédito para você é feita em tempo recorde! Isso sem falar dos serviços gratuitos de análise de crédito, cobrança e pós vendas.

Por este motivo, da próxima vez que você precisar de crédito, pense na antecipação de recebíveis e pense na Multiplike!

Voltar