O que as empresas estão fazendo para superar a crise? Descubra!

Veja mais

Em um cenário econômico conturbado, o grande desafio das companhias é encontrar maneiras de evitar que a retração afete a produtividade e a funcionalidade do negócio. Nesse sentido, é válido saber o que as empresas estão fazendo para superar a crise.

A crise econômica causada pela pandemia do coronavírus é o evento mais recente que passamos. Com o isolamento social, muitos hábitos dos consumidores mudaram. Logo, as empresas tiveram que encontrar soluções para desafios nos âmbitos empresarial, econômico, social e cultural.

No entanto, toda organização deve ser capaz de se manter resiliente em momentos de retração da economia. Isso é importante para que o negócio continue produtivo e apresentando resultados positivos.

Neste artigo, você entenderá o que as empresas estão fazendo para superar a crise. Confira as ações que podem ser aplicadas em qualquer situação de impacto econômico – e implemente-as agora mesmo!

Manter a organização e o planejamento financeiro

O controle financeiro é fundamental para a boa gestão da empresa, especialmente em tempos de crise. Contar com uma planilha, por exemplo, pode auxiliar os trabalhos e facilitar a tomada de decisões.

Ter o conhecimento sobre os recursos que a empresa tem e quanto precisa para realizar novos investimentos permite melhorar o planejamento e evitar prejuízos. No entanto, quando é necessário acesso à crédito, mas existem restrições no CNPJ, é possível contar com linhas de crédito específicas.

Para tanto, existe a possibilidade de fazer a antecipação de recebíveis. Isso significa usar as vendas a prazo para receber à vista, adquirindo crédito no mercado. Dessa forma, a empresa terá condições de negociar com fornecedores, manter capital de giro e gerar lucro.

Fazer uma boa gestão de risco

A gestão de riscos é um conjunto de processos estruturados que visam reduzir as chances de a empresa passar por problemas. Ela também conta com ações que visam identificar situações prejudiciais e analisar a melhor maneira de corrigi-las.

O processo de gestão de riscos pode ser aplicado em toda a empresa, pois cada área pode impactar de alguma forma os resultados. Portanto, saber como lidar com a estratégia é uma das melhores formas de reduzir o dano em potencial, principalmente em momentos de crise.

No setor de vendas, por exemplo, a gestão de riscos pode evitar fraudes. Já na área de tecnologia, o processo visa lidar com contratempos como invasões e roubos de dados. Desse modo, o time responsável pela segurança pode entrar em ação e corrigir o problema rapidamente.

Investir em tecnologia e inovação

A tecnologia é uma grande aliada em diversos momentos. No entanto, em tempos de crise, é ainda mais importante que as empresas saibam investir em tecnologia e inovação.

Por meio da automação, é possível otimizar processos e encontrar novas formas de aumentar a produção. Com isso, a companhia pode desenvolver planos estratégicos para adaptar o negócio a uma nova realidade de mercado.

Logo, o impacto digital no mercado pode ser muito positivo. Não há momento certo para implementar a automação de processos na empresa — ela pode trazer ganhos em diversas situações. Inclusive, é por isso que o assunto está cada vez mais em evidência.

Investir em tecnologia e ferramentas que simplificam processos e facilitam a rotina das companhias deve ser visto como uma forma de aumentar a competitividade e reduzir custos. Isso acontece, principalmente, em momentos de dificuldade e mudanças no mercado.

É por esse motivo que empresas que já utilizam softwares de gestão e outras soluções tecnológicas tendem a se adaptar mais facilmente às crises.

Considerar o marketing

O acesso e a permanência das pessoas nas redes sociais é cada vez maior. Por consequência, a presença digital tem se tornado um fator que pode definir a sobrevivência das empresas no mercado.

Diante disso, as marcas podem aproveitar a disponibilidade das pessoas e aumentar seus investimentos em marketing. Uma das principais estratégias usadas é o impulsionamento de anúncios em mídias sociais.

O objetivo é entregar valor para o consumidor e aproveitar para que mais pessoas conheçam a empresa. Uma forma de fazer isso é incentivar o consumo oferecendo descontos e flexibilidade de pagamento.

Afinal, muitos clientes também podem estar passando por problemas econômicos. Eles precisarão, então, de incentivos financeiros para que consigam continuar consumindo. Além disso, a empresa pode encontrar formas de economizar com as estratégias, mesmo que indiretamente.

Por exemplo, investir na divulgação de produtos com maior margem de lucro e que são desejados pelos consumidores. Depois, é importante acompanhar se os investimentos em marketing estão realmente se convertendo em vendas.

Manter o fluxo de caixa saudável

O fluxo de caixa serve para controlar a movimentação financeira de uma empresa, registrando as entradas e saídas de dinheiro. As análises dos registros permitem que a companhia perceba qual será o lucro do próximo mês, podendo escolher investir ou poupar gastos.

Essa decisão é essencial em momentos de instabilidade econômica. Afinal, o momento exige cautela e cuidado para que os resultados sigam a direção esperada, mesmo com menos recursos em caixa.

Existem diversos softwares que ajudam a manter o fluxo de caixa da empresa saudável. Ademais, a Demonstração de Fluxo de Caixa (DFC) é um relatório que ajuda a administrar a movimentação financeira e prevenir problemas.

Usar a securitização de recebíveis

Como você viu, as empresas podem aproveitar a estratégia de antecipar seus recebíveis. Para isso, a securitização de recebíveis é utilizada para converter determinados direitos creditórios em dinheiro disponível para a empresa.

Entre os direitos creditórios que podem ser convertidos estão empréstimos, crediários, cheques, duplicatas e vendas no cartão de crédito. Sob o controle de uma securitizadora, os créditos são convertidos em títulos que podem ser negociados no mercado financeiro, por exemplo.

Assim, as empresas podem obter recursos em épocas de crise sem precisar recorrer a empréstimos e financiamentos. A securitização ajuda, então, a manter o capital de giro em ordem e a ter dinheiro para sustentar o negócio e sair da crise ainda mais forte.

Se você acredita que essa é uma alternativa interessante para o seu negócio, conte com a Multiplikenessa jornada!

Conseguiu entender o que as empresas estão fazendo para superar a crise? As mudanças costumam ser necessárias para superar o momento sem grandes perdas. Além disso, as ações citadas podem ser mantidas mesmo depois da recessão econômica, garantindo a longevidade da companhia.

Gostou do conteúdo? Então complemente a leitura e entenda como funciona uma operação de securitização de crédito!

Voltar