Gestão de recebíveis: como implementar as melhores práticas na sua empresa?

Veja mais

A saúde financeira de uma empresa é fundamental para o seu crescimento e sucesso. Entretanto, mantê-la em equilíbrio pode ser um grande desafio, independentemente do porte da organização. Nesse cenário, a gestão de recebíveis tem um papel fundamental.

Por meio dela, é possível prever a receita e, assim, tomar decisões importantes. Investir, expandir o negócio e manter os compromissos financeiros em dia são ações que dependem desse processo. Embora tenha muita importância, nem sempre essa tarefa merece a atenção necessária, o que pode gerar problemas.

Para saber como evitar essas situações, continue lendo e aprenda como aplicar as melhores práticas de gestão de recebíveis na sua empresa. Confira!

O que é a gestão de recebíveis?

Muitas vezes, a gestão de recebíveis faz parte da rotina sem que os responsáveis percebam. Porém, vale compreender de que se trata. Essa prática envolve os processos relacionados aos pagamentos que são devidos à empresa.

Ou seja, trata dos boletos em aberto, cheques a compensar, duplicatas, recebimento de cartão de crédito e outros meios de pagamento utilizados. Também é por meio dessa gestão que se faz a concessão de crédito e são definidos os prazos dados ao cliente.

Sendo assim, a gestão de recebíveis se refere ao controle financeiro sobre os valores a serem recebidos pelos diferentes métodos de pagamento utilizados pelo negócio.

Qual é a importância dessa gestão adequada?

Ao fazer a gestão de recebíveis, a empresa tem a noção exata da quantia que pode ser recebida em determinado período. Desse modo, há chances de se organizar para fazer os pagamentos de empregados e fornecedores, além de separar o lucro e os valores destinados a novos investimentos, se for o caso.

Com essa administração, surge a oportunidade de prever possíveis perdas geradas pela inadimplência. Ao mesmo tempo, ela permite que a empresa identifique as pendências para implementar as ações de cobrança.

Portanto, acompanhar esses dados ajuda a empresa a planejar o uso de seus recursos da melhor maneira. Além disso, caso a previsão seja negativa, os gestores terão mais tempo para criar estratégias visando reduzir os gastos, aumentar a receita e evitar o endividamento.

Quais são os riscos de não fazer um bom gerenciamento?

Após entender o que é e qual é a importância de fazer um bom gerenciamento dos recebíveis, é hora de aprender quais são os riscos de não adotar a estratégia. Primeiro, lembre-se de que uma venda só é concluída com sucesso depois que o valor entra no caixa da empresa.

Sem uma boa gestão, não há como ter controle sobre os valores que estão em aberto. Nesse sentido, diante de inadimplências, a empresa corre o risco de não perceber a situação. Se isso acontecer, provavelmente a falta de pagamento será percebida apenas diante de dificuldades financeiras.

Isso aumenta os riscos de contrair dívidas devido ao atraso no cumprimento de obrigações financeiras, o que pode gerar um ciclo de multas e juros que trazem prejuízos. Por outro lado, ao fazer uma boa gestão, a organização consegue se antecipar aos imprevistos financeiros.

Como implementar a gestão de recebíveis?

Após entender que a gestão de recebíveis é importante para o crescimento da empresa, é possível que você queira saber como implementá-la. A seguir, você aprenderá dicas valiosas.

Confira!

Acompanhe os recebíveis com frequência

O primeiro passo é ter um bom controle das vendas e acompanhar os recebíveis. Assim, é necessário atualizar o planejamento financeiro periodicamente. No entanto, para saber a frequência ideal é interessante considerar o volume de clientes.

Para colocar essa operação em prática, é preciso registrar todas as contas a receber. Dessa maneira, a empresa conseguirá identificar todos os recebíveis. Vale lembrar que é possível encontrar sistemas de vendas integrados que automatizam essa tarefa.

Identifique inadimplências e faça a cobrança

Após registrar todos os recebíveis, é importante identificar as inadimplências para, então, fazer as devidas cobranças. Dessa forma, estabeleça uma rotina para verificar os pagamentos pendentes. Isso trará um controle maior sobre os pagamentos atrasados e evitará o efeito “bola de neve”.

Afinal, quanto mais tempo a dívida tiver, mais difícil será recebê-la. Por consequência, o planejamento da empresa poderá ser afetado, levando a prejuízos. Outra dica é apontar os recebíveis que estão próximos a vencer para acompanhá-lo com mais atenção.

Dessa maneira, a empresa poderá entrar com práticas de prevenção à inadimplência, como enviar lembretes de pagamento antes do vencimento. Isso permitirá a realização de um planejamento mais consistente.

Ofereça opções de pagamento

Outra dica importante que também se relaciona com o combate à inadimplência é oferecer diversas formas de pagamentos. Em certos casos, o cliente inadimplente está passando por uma crise ou dificuldade pontual.

Nessas situações, um prazo adicional ou o reparcelamento da dívida podem ser suficientes para que ele se organize e cumpra a obrigação. Do mesmo modo, o uso de alternativas variadas — como o cartão de crédito — podem trazer mais segurança nas vendas.

Portanto, oferecer mais opções de pagamentos pode ser uma boa alternativa para reduzir os riscos de inadimplência e otimizar a gestão de recebíveis.

Antecipe seus recebíveis

Você sabia que também é possível antecipar os recebíveis? Essa operação permite que a empresa receba o valor da venda antes do vencimento. Para isso, ela faz a solicitação em uma instituição que adiantará o pagamento devido, com um deságio.

Por exemplo, a empresa fez uma venda de 10 mil reais parcelada em 10 vezes. Então, em vez de ter que esperar 10 meses para receber toda a dívida, negociará com a securitizadora. Desse modo, a empresa receberá o dinheiro à vista, enquanto a instituição terá direito às parcelas.

Além de não precisar esperar o prazo do vencimento para receber a quantia, o negócio não terá que se preocupar com a cobrança de clientes e com a inadimplência. Isso porque a instituição financeira ficará responsável pela tarefa, já que será a nova credora.

Neste conteúdo, foi possível aprender que a gestão de recebíveis é parte importante do financeiro de uma empresa. Portanto, vale a pena adotar as melhores práticas para manter o equilíbrio nas finanças e otimizar o planejamento do negócio.

Se interessou pela antecipação de duplicatas e quer saber como solicitá-la? Na Multiplike você pode fazer todo o processo online. Acesse o nosso site e saiba mais!

Voltar