Ter dinheiro disponível no caixa da empresa é essencial para a sobrevivência e crescimento da companhia. Afinal, é esse recurso que permite um melhor controle da saúde financeira do negócio, garantindo o seu funcionamento — especialmente em tempos difíceis.

Assim, é necessário planejar a proteção financeira empresarial para possibilitar o equilíbrio da organização no futuro. Nesse sentido, a antecipação de recebíveis pode ser bastante útil.

Quer saber como isso é possível? Então confira este conteúdo! Nele, você entenderá como a antecipação de recebíveis pode ajudar na proteção financeira da sua empresa!

Acompanhe!

O que envolve a saúde financeira empresarial?

Para entender como a antecipação de recebíveis pode ajudar na proteção financeira empresarial, é necessário, antes de tudo, saber o que significa ser financeiramente saudável.

Confira!

Receita crescendo

A saúde financeira de uma empresa envolve o crescimento de sua receita ao longo do tempo. Afinal, isso demonstra o aumento no desempenho das vendas. Assim, pode-se entender se o seu negócio está gerando caixa e conseguindo atrair novos interessados nos seus produtos ou serviços.

Despesas alinhadas com as receitas

A receita crescendo é um bom sinal de saúde financeira. No entanto, é essencial analisar também o aumento das despesas. Isso porque é possível vender bastante e lucrar pouco ou quase nada devido aos altos custos operacionais.

Logo, o alto faturamento nem sempre é garantia de que o negócio está tendo boas taxas de lucro. Caso boa parte ou toda a receita seja utilizada para custear a empresa, significa que ela pode não estar financeiramente saudável.

Nível de endividamento baixo

Analisar o nível de endividamento também permite compreender a saúde financeira de uma empresa. Esse índice mostra o quanto o negócio precisa de recursos de terceiros para financiar seus ativos.

Se existe dependência em relação ao crédito, o negócio arrisca não continuar operando na ausência de financiamento. Ademais, quando há muitas dívidas, o controle financeiro se torna mais difícil. Portanto, para garantir a saúde de suas finanças, seu nível de endividamento deve ser baixo.

Despesas devidamente quitadas

Ser financeiramente saudável significa, ainda, ter despesas devidamente quitadas e dentro do prazo assumido. Afinal, isso demonstra que o negócio tem capacidade para sustentar seus gastos básicos e rotineiros no curto prazo.

Como medir a saúde financeira da empresa?

Para fazer uma análise da saúde financeira da empresa, você pode avaliar os pontos já citados e recorrer a indicadores de desempenho específicos. Eles permitem examinar detalhadamente as finanças e medir os resultados ao longo do tempo.

Entre as métricas que podem ser analisadas para essa finalidade, destacam-se: faturamento, lucratividade e endividamento. Liquidez, ponto de equilíbrio e ticket médio são outros exemplos de indicadores de desempenho que podem ser bastante úteis nessa avaliação.

Qual o papel dela na proteção empresarial?

Agora que você entende o que significa ser financeiramente saudável, é o momento de compreender como isso ajuda na proteção empresarial. Contudo, antes de prosseguir, vamos descobrir o que esse termo significa.

A proteção financeira empresarial pode ser entendida como a capacidade de uma organização ter capital para gerir o negócio, mesmo diante de imprevistos. Portanto, ela permite proteger sua empresa de situações críticas que podem prejudicar a receita — ou mesmo o funcionamento. 

Entendendo essa dinâmica, é possível descobrir como ser financeiramente saudável impacta na proteção financeira empresarial. Como você viu, a saúde de uma organização envolve diversos fatores — como o acompanhamento e a análise das receitas e despesas.

Com isso, há como acompanhar o fluxo de caixa e as reservas da empresa, visualizando possíveis desafios e riscos à estabilidade da companhia. Então ficará mais fácil diagnosticar problemas e adotar estratégias para se proteger de cenários desafiadores.

Quais riscos podem ser prevenidos com a saúde financeira em dia?

Como você já sabe, estar em dia com a saúde financeira contribui para a prevenção de diversos riscos, aumentando a proteção financeira do seu negócio.

Conheça os principais riscos que podem ser mitigados a partir da manutenção da saúde financeira da empresa: